ÚLTIMAS
recent

Coração saudável: alimentos que beneficiam a saúde do coração

Alimentar-se de maneira balanceada através de alimentos saudáveis é uma grande contribuição à saúde do coração

É sabido que, o consumo de alimentos saudáveis é fundamental para a preservação da saúde cardiovascular. No entanto, como selecionar entre tantos alimentos disponíveis, aqueles que realmente beneficiam e reforçam a saúde do coração? Alimentos estes que contribuem para a redução dos riscos de doenças cardiovasculares, como o AVC (acidente vascular cerebral), pressão alta (hipertensão) e infarto.

Selecionar alimentos saudáveis é vital para pessoas que desejam alcançar maior bem-estar, longevidade e saúde, pois uma grande parcela dos males cardiovasculares são conseqüências de maus hábitos alimentares, que somados ao sedentarismo (falta de atividades físicas) aumentam o risco de doenças do coração. Além destes fatores, o estresse, diabetes e a ingestão excessiva de alimentos ricos em cloreto de sódio (sal) são alguns dos fatores que estão relacionados ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Alimentar-se de maneira balanceada através de alimentos saudáveis, principalmente alimentos com baixos níveis de gorduras trans e saturadas, taxas moderadas de açúcar e sal é uma grande contribuição à saúde do coração.

Portanto, reconhecer quais são os alimentos que beneficiam ou prejudicam a saúde cardiovascular é extremante importante. Certos alimentos são capazes de oferecer propriedades cardioprotetoras, em especial, os alimentos que são ricos em fibras, antioxidantes e gorduras poli-insaturadas e monoinsaturadas – ácidos graxos (capazes de diminuir os altos níveis de colesterol LDL, que causa prejuízos ao coração).
Confira alguns alimentos que beneficiam a saúde do coração:



- Azeite: rica fonte de antioxidantes, antiinflamatórios e polifenóis, o óleo de azeite age como um ótimo aliado cardioprotetor. Sua ingestão diária está associada à redução dos níveis elevados de colesterol LDL (considerado como altamente prejudicial ao coração).



- Tomate: fértil fonte de licopeno, que é um poderoso antioxidante. O licopeno é uma substância que atua fortemente na prevenção de doenças cardiovasculares, tal como a aterosclerose (endurecimento das artérias por decorrência do acumulo excessivo de colesterol). Além disto, o licopeno beneficia a produção do colesterol HDL (bom colesterol), que fortalece a saúde do coração.



- Aveia: fonte fértil em fibras, especialmente a fibra solúvel betaglucana, cuja função é a de absorver água do organismo e fabricar uma massa espessa, que é responsável por sugar gorduras e impedir o armazenamento excessivo de gorduras nas artérias. Ademais, a aveia beneficia a circulação sanguínea e reduz o absorvimento de colesterol por meio do organismo. Esta ação resulta na diminuição das taxas elevadas de triglicerídeos e lipídios (gorduras).

Essas propriedades fazem da aveia um excelente agente cardioprotetor, um alimento com ações preventivas, que torna menor os riscos de infartos e outras enfermidades que podem acometer o coração.



- Vinho tinto: rico em antioxidantes, flavonóides e polifenóis, o vinho atua como uma bebida cardioprotetora. O consumo do vinho está associado à redução dos níveis do colesterol LDL. Muitas das propriedades benéficas do vinho estão relacionadas à presença da uva, fruta rica em potentes antioxidantes, em especial, o resveratrol. Essa substância é encontrada nas cascas de uvas escuras. Ele favorece a produção do colesterol bom (HDL) e atua com ação preventiva.

O consumo do vinho tinto deve ser realizado com ponderação, devido ao seu alto teor alcoólico.

- Alho: fértil em alicina, o alho beneficia a fluidificação do sangue. O alho auxilia através de ações especificas que impedem o endurecimento das artérias e ajuda na regulação da pressão arterial. Ele contribui para que o coração não se esforce em demasia para bombear o sangue, isto favorece a prevenção de doenças do coração e reduz os riscos de coagulação do sangue.

- Chocolate amargo: fonte abundante de antiinflamatórios, flavonóides, ácido gálico e antioxidantes (catequinas e procianidinas), o chocolate amargoso, principalmente, os mais escuros (ricos em cacau), favorecem a redução do colesterol LDL e reforçam ações preventivas contra doenças cardiovasculares. Estudos apontam que, o consumo de chocolate amargo auxilia na diminuição dos ricos de derrames. Ao ingerir chocolate amargo é preciso ter ponderação, pois o consumo descomedido pode levar ao ganho de peso e a obesidade.

- Peixe: fértil em ômega 3, que é um ácido graxo essencial, considerado como uma gordura benéfica para a saúde cardiovascular, pois impede o acumulo excessivo de gorduras nas artérias e age em prol da redução dos altos níveis  de colesterol LDL . O ômega 3, está presente em muitos seres marinhos, por isto os peixes são apontados por especialistas como um dos principais alimentos cardioprotetores, uma vez que, desempenha múltiplas ações cardioprotetoras. Ele também favorece a produção do colesterol HDL (bom).

Cuide da saúde do seu coração! Opte pela ingestão de alimentos que fortalecem e protegem o sistema cardiovascular. Torne menor o consumo de alimentos que prejudicam a sua saúde e aumente o consumo de alimentos que a beneficiam. Cuide-se!

Saiba mais clicando aqui

 

Notícias Atuais

Notícias Atuais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Voltar ao Topo
Tecnologia do Blogger.