ÚLTIMAS
recent

Copacabana teve 16 minutos de show pirotécnico no Réveillon de 2015

Cerca de dois milhões de pessoas fazem do Réveillon de Copacabana o maior do mundoNielmar de Oliveira/Repórter da Agência Brasil
Cerca de dois milhões de pessoas estiveram na Praia de Copacabana na passagem de ano e presenciaram a tradicional queima de fogos que faz da festa na Avenida Atlântica a maior comemoração de virada de ano no mundo.
Nesta virada de 2014 para 2015 o show pirotécnico, que durou 16 minutos, ocorreu  com o apoio de 34 mil bombas, distribuídas por 11 balsas. Este ano, a queima de fogos  ocorreu sob uma trilha sonora que misturou música clássica com canções brasileiras.
Cariocas de norte a sul da cidade se misturaram na areia e nas pistas da orla com milhares de turistas de todo o país e várias partes do mundo, muitos  acampados na própria praia em um colorido que dava ainda mais glamour e leveza à festa.
Instantes antes do início da queima de fogos, que apresentou também motivos alusivos aos 450 anos da cidade, a imagem do papa Francisco apareceu nos telões espalhados pelos três palcos distribuídos ao longo dos quatro quilômetros  de areia que formam a praia.
“Querido povo brasileiro. É com grande alegria que me dirijo a vocês às vésperas do Ano-Novo. O ano marcará o início das comemorações dos 450 anos de fundação da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. Saúdo, em uma circunstância feliz, o amado povo carioca”, disse o papa, sob aplausos da multidão presente.
Em um dos momentos de apreensão na virada do ano, uma das onze balsas espalhadas nas águas da Praia de Copacabana pegou fogo. Mas o incêndio foi contido por jatos de água jogados pelas embarcações e também pelo Corpo de Bombeiros. Não houve vítimas.
As quatro pessoas que estavam a bordo se refugiaram em um contêiner e foram liberadas logo que foi constatado não ter havido intoxicação. O clima da festa foi ditado pelos shows de bandas e artistas que se revezaram nos palcos montados para o evento, como Seu Jorge, Titãs e Detonautas.
Apesar do esquema de segurança montados pela Polícia Militar, que envolveu mais de 1,7 mil policiais, houve brigas, principio de arrastão, correrias e furto – principalmente de celulares.
Na manhã de hoje milhares de pessoas deixaram a praia e, nas avenidas Nossa Senhora de Copacabana e Barata Ribeiro, visitantes se aglomeravam em filas nos pontos de ônibus tentando voltar para suas casas. Muitos ainda dormiam no local da festa.
Fonte:Agência Brasil
Notícias Atuais

Notícias Atuais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Voltar ao Topo
Tecnologia do Blogger.