ÚLTIMAS
recent

Nasa descobre planeta que pode ter sinal de vida fora da Terra

Pela primeira vez, agência poderá analisar atmosfera 
A missão K2, segunda fase de operação do satélite Kepler, da Nasa, descobriu mais um planeta que tem potencial similar à Terra e que poderá passar por busca efetiva para que se encontre sinais de vida em sua atmosfera. Os oito mundos anunciados recentemente estavam muito distantes para permitir um estudo mais detalhado sobre suas atmosferas. Já o planeta EPIC 201367065 é um caso diferente. Ele tem um diâmetro cerca de 50% maior que o da Terra e completa uma volta em torno de sua estrela-mãe a cada 44,6 dias terrestres.
Outros dois planetas também foram descobertos pela missão - um com cerca de 2,1 vezes o diâmetro terrestre, completando uma volta ao redor da estrela em 10 dias, e o outro com 1,7 o diâmetro da Terra e orbitando em 24,6 dias.
A distância da estrela EPIC 201367065 é de cerca de 150 anos-luz, não muito perto, mas o suficiente para aplicar a tecnologia atual para estudar a atmosfera e descobrir pistas da existência de vida.
Os cientistas enviaram artigo para publicação no “Astrophysical Journal” em que dizem que o Telescópio Espacial Hubble pode analisar o espectro e verificar a presença de grandes invólucros gasosos de hidrogênio nesses planetas, caso eles não tenham grandes coberturas de nuvens na alta atmosfera.
Já em 2018, segundo o blog Mensagem Sideral, da Folha Online, a Nasa vai lançar o Telescópio Espacial James Webb que poderá detectar dados espectrais correspondentes a uma atmosfera similar à da Terra. Será possível saber se a atmosfera tem predominância de nitrogênio, como nosso mundo, ou de dióxido de carbono, sendo similar a Vênus.
Notícias Atuais

Notícias Atuais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Voltar ao Topo
Tecnologia do Blogger.