ÚLTIMAS
recent

Estudante imita "50 Tons de Cinza" e é preso por agressão sexual.

Mohammad Hossain recebeu acusações de agressão sexual após imitar cenas do longa.

"Cinquenta Tons de Cinza" não para de gerar polêmica ao redor do mundo.
"Cinquenta Tons de Cinza" não para de gerar polêmica ao redor do mundo. Desta vez, um estudante de engenharia chamado Mohammad Hossain foi acusado de agressão sexual após imitar algumas cenas sadomasoquistas presentes no longa-metragem. Sua fiança ficou em torno de 500 mil dólares.

O jovem convidou uma mulher, com quem ele alega ter "intimidade", para visitar o seu dormitório, na universidade de Illinois. O clima entre os dois esquentou e enquanto estavam nas preliminares o estudante assumiu o personagem sadomasoquista de Christian Grey, tomando algumas "providências": amarrou os pés e as mãos da parceira com cintos e pôs uma corda da boca da mulher.

Logo depois, vendou a parceira, tirou o sutiã e a calcinha dela e passou a chicoteá-la com um cinto. De acordo com o jornal Chicago Tribune, a promotora do caso, disse que a companheira do réu começou a reclamar de dor e, aos prantos, pediu que ele parasse.

Mohammad se tornou ainda mais agressivo depois do pedido e a violentou sexualmente. A moça conseguiu fugir do dormitório e pediu ajuda a um amigo, que chamou a polícia. Na delegacia, o jovem declarou que ele e a parceira haviam combinado reviver as cenas do filme polêmico.

Outro fato que chocou o mundo a respeito do longa, aconteceu no México, onde uma mulher de 33 anos foi presa pois estava se masturbando durante uma sessão da adaptação ao cinema do best-seller erótico escrita por E.L. James.

A mulher, de 33 anos e solteira, estava assistindo ao filme quando começou a se tocar inapropriadamente. Várias pessoas que assistiam a sessão viram o ato e denunciaram para a gerência do cinema, que chamou a polícia.

Após a prisão por “conduta lasciva”, ela foi liberada por não ter antecedentes criminais.

‘Cinquenta Tons de Cinza’ fez US$ 85 milhões em seu primeiro fim de semana nos EUA, superando os US$ 81,7 milhões estimados anteriormente e os US$ 83,8 milhões de ‘A Paixão de Cristo’ (2004), até então a maior estreia de fevereiro nos EUA.

Dirigido por Sam Taylor-Johnson, o filme proibido para menores de 16 anos entrou em cartaz na última quinta-feira (12) em 1.090 salas de cinemas em 200 cidades brasileiras.

Com informações dos portais Zero Hora e Cine Pop.

Fonte: Diario24horas
Notícias Atuais

Notícias Atuais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Voltar ao Topo
Tecnologia do Blogger.