ÚLTIMAS
recent

Mamute aditivou sua confiança no vestibular do ataque tricolor

Um dos guris da base fez gol. O ataque funcionou, o Grêmio bateu o Caxias (3 a 1) e encerrou a seca de vitórias na Arena. É com gols que todo homem de frente se firma. Gol chama gol. Mamute aditivou sua confiança no vestibular do ataque tricolor.
Mamute com confiança no vestibular do ataque tricolor
Mamute deixou o dele. Um dos guris da base fez gol. O ataque funcionou, o Grêmio bateu o Caxias (3 a 1) e encerrou a seca de vitórias na Arena. É com gols que todo homem de frente se firma. Gol chama gol. Mamute aditivou sua confiança no vestibular do ataque tricolor.

Sobram críticas ao garoto badalado na base e que até o momento pouco fez nos profissionais. Admito que Mamute não é fora de série, mas também admito que ele pode ser útil. Ajudou no Gre-Nal e teve boa atuação contra o Caxias. Segurou zagueiros, teve vitória pessoal e, fundamental, fez um gol de força, velocidade e oportunismo.

Já corria 2 a 1 no placar, o Caxias se animava após seu gol em uma falha de Marcelo Grohe. O Grêmio saiu no contragolpe, Mamute recebeu a bola na velocidade, trombou e deitou o zagueiro, avançou sozinho e limpou o goleiro antes de marcar. Liquidou a fatura, matou o jogo.

Com a chegada de Braian Rodríguez, é provável que Mamute se torne reserva. A direção não busca um uruguaio na Espanha para deixá-lo no banco. Por isso, ter os garotos do ataque em bom momento é fundamental. Servirão de sombra, ajudarão a mudar resultados.

Mamute passa os demais jovens concorrentes porque deixou seu golzinho, o que falta para Everaldo. Ele entrou bem, quase guardou o seu. Chegou atrasado em um carrinho e, minutos depois, desferiu o chute cruzado que resultou no rebote conferido por Marcelo Oliveira no segundo gol. Já Everton beliscou no fim, aparando cruzamento da direita.

Tenho um amigo que costuma dizer o seguinte: quem quer comer tem de estar sempre mastigando. É assim com todo atacante e sua fome de gols. Volto a repetir o que sempre digo: os guris da frente só vão se firmar balançando as redes.

Tratando do restante do time, Douglas teve boa atuação, salvou um primeiro tempo chato. Marcou um golaço olímpico (contou com ajuda do goleiro), quase marcou outra vez no segundo tempo. Douglas pifou Mamute no gol, ou seja, foi decisivo. Marcelo Polivalente Oliveira mereceu seu tento. Roubou a bola, acompanhou o lance e conferiu o rebote.

Já Marcelo Grohe falhou. Foi conferir fora da pequena área um lançamento fraco e acabou encoberto. Goleiro de seleção não pode cometer este tipo de erro. Grohe tem crédito, mas precisa ficar alerta.

Com a vitória, o Grêmio ganha tranquilidade para seguir sua recuperação no Gauchão, para escalar a tabela. Neste momento, é importante ir fortalecendo a confiança a cada jogo. Assim como fez Mamute com seu gol.

Fonte: Wp.Clicrbs
Notícias Atuais

Notícias Atuais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Voltar ao Topo
Tecnologia do Blogger.