ÚLTIMAS
recent

Conheça a Moto mais cara e rápida do mundo, "Dodge Tomahawk"

O propulsor é um V10 8.3 litros SRT10, o mesmo que equipa a poderosa Dodge RAM e o nervoso Viper, a divisão de peso ficou em 51% na parte dianteira e 49% na traseira, o que torna a distribuição ideal para altas velocidades. O que levantou certa estranheza aos críticos, foi a questão da motoca ter quatro pneus, o que a tornaria um carro, não uma moto como a Chrysler quer que seja. Para atingir os 100 km/h são necessários apenas 2,5 segundos, para quem acha que ter um Honda CBR 1000 é coisa de outro mundo, a velocidade final da Dodge Tomahawk beira os 480 km/h.
Moto mais cara e rápida do mundo, "Dodge Tomahawk":
Conheça a Moto mais cara e rápida do mundo, com visual agressivo, modelo foi produzido para passar dos 700 km/h e custa cerca de R$ 1,8 milhão. Visual anabolizado e pouco discreta. Essa é a Dodge Tomahawk, você já ouviu falar?

Se não, trata-se de uma motocicleta que até 2003 era puramente conceito, mas que os engenheiros da Chrysler decidiram pô-la em produção.

Mas para poucos. Para ter uma dentro da garagem, o "investidor" precisa desembolsar cerca de R$ 1,8 milhão — U$ 550  mil. É cara, mas o motor tem 512 cavalos e velocidade final de 480 km/h (era para passar dos 700 km/h, mas os projetistas repensaram a ideia).

O propulsor é um V10 8.3 litros SRT10, o mesmo que equipa a poderosa Dodge RAM e o nervoso Viper, a divisão de peso ficou em 51% na parte dianteira e 49% na traseira, o que torna a distribuição ideal para altas velocidades. O que levantou certa estranheza aos críticos, foi a questão da motoca ter quatro pneus, o que a tornaria um carro, não uma moto como a Chrysler quer que seja. Para atingir os 100 km/h são necessários apenas 2,5 segundos, para quem acha que ter um Honda CBR 1000 é coisa de outro mundo, a velocidade final da Dodge Tomahawk beira os 480 km/h.
Conheça a Moto mais cara e rápida do mundo

Veja também:

O propulsor é um V10 8.3 litros SRT10, o mesmo que equipa a poderosa Dodge RAM e o nervoso Viper, a divisão de peso ficou em 51% na parte dianteira e 49% na traseira, o que torna a distribuição ideal para altas velocidades. O que levantou certa estranheza aos críticos, foi a questão da motoca ter quatro pneus, o que a tornaria um carro, não uma moto como a Chrysler quer que seja. Para atingir os 100 km/h são necessários apenas 2,5 segundos, para quem acha que ter um Honda CBR 1000 é coisa de outro mundo, a velocidade final da Dodge Tomahawk beira os 480 km/h.

Numa estimativa inicial, a montadora esperava que ela chegasse aos insanos 700 km/h, "um pouco" fora do comum para um veículo que seria comercializado. As enormes rodas de 20 polegadas possuem generosos discos de freios de 508 mm cada, os faróis e lanternas possuem iluminação em LED, a produção começou em 2007 e de lá pra cá apenas nove unidades foram vendidas por R$ 1,8 milhão — U$ 550 mil. Segundo a Chrysler, a Tomahawk é o exemplo do resultado de deixar correr solta a imaginação.
Moto mais cara e rápida do mundo

Leia também:

Numa estimativa inicial, a montadora esperava que ela chegasse aos insanos 700 km/h, "um pouco" fora do comum para um veículo que seria comercializado. As enormes rodas de 20 polegadas possuem generosos discos de freios de 508 mm cada, os faróis e lanternas possuem iluminação em LED, a produção começou em 2007 e de lá pra cá apenas nove unidades foram vendidas por R$ 1,8 milhão — U$ 550 mil. Segundo a Chrysler, a Tomahawk é o exemplo do resultado de deixar correr solta a imaginação.

Numa estimativa inicial, a montadora esperava que ela chegasse aos insanos 700 km/h, "um pouco" fora do comum para um veículo que seria comercializado. As enormes rodas de 20 polegadas possuem generosos discos de freios de 508 mm cada, os faróis e lanternas possuem iluminação em LED, a produção começou em 2007 e de lá pra cá apenas nove unidades foram vendidas por R$ 1,8 milhão — U$ 550 mil. Segundo a Chrysler, a Tomahawk é o exemplo do resultado de deixar correr solta a imaginação.
Conheça a Moto mais cara e rápida do mundo, "Dodge Tomahawk"

O propulsor é um V10 8.3 litros SRT10, o mesmo que equipa a poderosa Dodge RAM e o nervoso Viper, a divisão de peso ficou em 51% na parte dianteira e 49% na traseira, o que torna a distribuição ideal para altas velocidades. O que levantou certa estranheza aos críticos, foi a questão da motoca ter quatro pneus, o que a tornaria um carro, não uma moto como a Chrysler quer que seja. Para atingir os 100 km/h são necessários apenas 2,5 segundos, para quem acha que ter um Honda CBR 1000 é coisa de outro mundo, a velocidade final da Dodge Tomahawk beira os 480 km/h.
Conheça a Moto mais cara e rápida do mundo

O propulsor é um V10 8.3 litros SRT10, o mesmo que equipa a poderosa Dodge RAM e o nervoso Viper, a divisão de peso ficou em 51% na parte dianteira e 49% na traseira, o que torna a distribuição ideal para altas velocidades. O que levantou certa estranheza aos críticos, foi a questão da motoca ter quatro pneus, o que a tornaria um carro, não uma moto como a Chrysler quer que seja. Para atingir os 100 km/h são necessários apenas 2,5 segundos, para quem acha que ter um Honda CBR 1000 é coisa de outro mundo, a velocidade final da Dodge Tomahawk beira os 480 km/h.
Conheça a Moto mais cara e rápida do mundo

Assista o Vídeo Moto mais cara e rápida do mundo, "Dodge Tomahawk" confira Abaixo pelo Youtube:



O site Notícias Atuais Agradece a sua visita!!!
Fonte: R7
Crédito da foto: Google.com.br
Notícias Atuais

Notícias Atuais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Voltar ao Topo
Tecnologia do Blogger.