ÚLTIMAS
recent

A um passo do Exterminador do Futuro

Você não precisa ser formado em Harvard para saber que um exoesqueleto capaz de fazer você pular mais alto, correr mais rápido e aumentar significativamente sua resistência seria um sucesso de vendas. Mas ter um diploma de engenharia de Harvard poderia ajudar a criar um equipamento desses.
A um passo do Exterminador do Futuro:
Você não precisa ser formado em Harvard para saber que um exoesqueleto capaz de fazer você pular mais alto, correr mais rápido e aumentar significativamente sua resistência seria um sucesso de vendas. Mas ter um diploma de engenharia de Harvard poderia ajudar a criar um equipamento desses.

Leia também: Cientistas criam cérebro humano em laboratório
Veja também: Cientistas encontram osso humano gigante

Esse é o caso de Conor Walsh, chefe do Laboratório de Biodesign de Harvard, o Wyss Institute, e principal engenheiro no desenvolvimento de um traje robótico, mais leve que os exoesqueletos tradicionais, capaz de aumentar as habilidades naturais de movimento de quem vesti-lo. O sistema, batizado de “exosuit”, ainda é um protótipo, mas os primeiros resultados são impressionantes. Suas aplicações abrangem desde a tentativa de ser mais poderoso que o Exterminador do Futuro, até coisas mais sensatas e importantes como auxiliar na mobilidade de idosos ou talvez ajudar a manter nosso fôlego ao acompanhar as crianças em longas caminhadas.

Leia também: Cientistas descobrem a "Pílula da Inteligência"
Veja também: Relâmpagos vermelhos no México, entenda o fenômeno!!!

É claro que sempre há a possibilidade de uso militar, o que provavelmente irá acelerar o desenvolvimento do conceito com grandes investimentos. Na verdade, o exército norte-americano desenvolve sua própria pesquisa para exosuits em parceria com o programa “Warrior Web”, da DARPA, agência responsável por projetos avançados de defesa.

Esqueça os robôs e pense em ciborgues. Realmente não podemos imaginar robôs lutando em guerras ou patrulhando as ruas como guardas. Mas podemos vislumbrar policiais usando esses exosuits assim como usam coletes à prova de balas. O exosuit de Walsh, no atual estágio de desenvolvimento, pesa cerca de 6 quilos, principalmente devido à sua bateria, com capacidade para durar de quatro a seis horas. Esse aspecto precisa ser aprimorado, mas mesmo nessa fase, o equipamento já é prático, ainda que você não tenha os reatores de poder sem limites do Homem de Ferro.

Leia também: Cientistas afirmam trabalhar muito pode ser mortal
Veja também: Testes podem provar que Cristo foi casado

Até agora as pesquisas indicam que os músculos aceitam a ajuda eletrônica, diminuindo seu esforço e permitindo um sólido aumento de resistência. Por enquanto, “saltar sobre edifícios com um simples pulo”, como o Super-Homem, parece uma realidade distante, assim como correr mais rápido que um trem.

O site Notícias Atuais Agradece a sua visita!!!
Fontes: History, The Man Guide
Crédito das fotos: Google.com.br
Notícias Atuais

Notícias Atuais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Voltar ao Topo
Tecnologia do Blogger.